Menu

Randal Oliveira canta árias de ópera e câmera

Visitado 605 vezes , 1 Visitas hoje

Data: 14 de junho de 2013

Horário: 20:00

Local: rua Bernardino de Campos, 989, Campinas, Campinas

Ingressos: Entrada franca

Telefone: (19) 3231-2567

Traçar Rota Ver Mapa Ampliado

Descrição

No CCLA, barítono Randal Oliveira canta árias de ópera e câmera

Vencedor da “Melhor Voz Masculina” no IV Concurso Estímulo para Cantores Líricos, realizado pelo Centro de Ciências, Letras e Artes em setembro de 2011, o barítono Randal Oliveira oferece na próxima sexta-feira, às 20 horas, no palco do CCLA (rua Bernardino de Campos, 989, tel. 3231-2567), um recital onde interpreta canções de câmera de autores brasileiros e europeus e árias de ópera de Carlos Gomes, Donizetti e Giuseppe Verdi, acompanhado pelo pianista Chiquinho Costa. O programa completo trará para o público Alberto Nepomuceno, Trovas; Waldemar Henrique, Cobra Grande; Franz Schubert, An Die Musik; Johannes Brahms, Dein Blaues Auge; Gabriel Fauré, Chanson du Pêucher; Gaetano Donizetti, Come paride Vezzoso; Antonio Carlos Gomes, Era un Tramonto D’oro, do poema vocal sinfônico Colombo; e Sospettano di me, da ópera Lo Schiavo; Giuseppe Verdi, Cortigini, Vil Razza Danata, da ópera Rigoletto.

A promoção é do Centro de Ciências, Letras e Artes, que prestará na ocasião homenagem ao empresário RICARDO OLIVEIRA SELMI pelo apoio que este vem emprestando à entidade.

Entrada franca.

O barítono RANDAL OLIVEIRA é natural, tendo começado seus estudos de música aos 18 anos na Escola Municipal de Música de São Paulo, na classe da professora Andrea Kaiser. Atualmente cursa bacharelado em Canto e Arte Lírica, na USP, sob orientação do Professor Ricardo Ballestero. Estuda canto e interpretação com Isabel Maresca desde 2006. No final de 2007 participou como convidado do espetáculo “Rossini Hits”, no Teatro SESC Anchieta, sob direção geral de Alvise Comozzi. No mesmo ano interpretou Gonzalez, da ópera Il Guarany, de Carlos Gomes, na cidade de Uberlândia, com direção geral da soprano Edmar Ferretti. Esse mesmo papel ele repetiu em 2010 na cidade de Resistencia, Argentina, ao lado do tenor argentino Luis Lima, nas festividades de 200 anos da Independência da Argentina. Em 2009 cantou o papel de “Il Cacico”, da ópera Il Guarany, em Assunção, no Paraguai, sob a batuta do maestro italiano Francesco Grigolo e, em 2010, estreou no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, na ópera Vec Makropulos, de L. Janácek, sob a batuta do maestro Isaac Karabitchevsky. Venceu o IV Concurso Estímulo para Cantores Líricos, em 2011, como A Melhor Voz Masculina, tendo depois disso se apresentado em recitais no Centro de Ciências, Letras e Artes; na ABAL Campinas e, em setembro de 2012, junto à Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas, sob a regência de Victor Hugo Toro, no concerto em homenagem a Carlos Gomes.

José Francisco da Costa, ou Chiquinho Costa, é pianista, bacharel em Piano e Doutor em Música pela UNICAMP. Especializado na área de acompanhamento de cantores líricos, participou de cinco edições do Festival Nacional de Canto, em Piracicaba (2002 a2005, e em 2007), e do 25º ao 32º Festival de Música de Londrina, PR, na classe de Ópera Studio. Foi pianista assistente dos professores Niza de Castro Tank, Neyde Thomas, Inácio de Nonno, Denise Sartori, Francisco Frias e Lenine Santos, entre outros. Pianista convidado em concertos oficiais da Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas, Orquestra Sinfônica de São José dos Campos e da Orquestra Jovem de Campinas, UNICAMP. Em 2010 fez sua estreia internacional apresentando-se em Osaka, Japão, acompanhando o renomado tenor japonês Kohdo Tanaka, no recital dos seus 50 anos de carreira artística. Estagiou no Departamento de Música da UNICAMP como parte do Programa de Estágio Docente (PDE), sob orientação da Prof.ª Drª. Adriana Giarolla Kayama.

Ingressos

Entrada gratuita

Categorias de evento: Shows.Tags do Evento: Campinas, Entrada Gratuita e Música.

Eventos Relacionados